segunda-feira, 19 de julho de 2010

Uma vida sem sal... hum... seria tão insonsa...

Olá meninas


Já todas sabem que eu adoro passear, conhecer sítios diferentes... enfim... alargar horizontes.

Venham comigo até Marinhas de Sal, onde no meio de paisagem muito verde, encontramos as salinas naturais de Rio Maior.

Só é possível verem esta paisagem entre os meses de Julho e Setembro (mais abaixo está a explicação detalhada deste facto).


Cá está o verde ao fundo em conjugação com o branco dos montes de sal.

As traseiras das casinhas, que algumas delas continuam a ser armazéns de sal, de venda ao público e outras, de venda de artesanato.


No letreiro podem ver a orientação da Churrasqueira Solar do Sal...

... onde nós almoçámos esta magnífica gralhada mista... mham, mham... agora ia a calhar...

Não se atrasem, porque se forem em Outubro já não conseguem ver o sal:




Informação de interesse retirada do site: Guia da Cidade de Santarém:
Marinhas de Sal de Rio Maior

Consideradas únicas no género a nível Nacional e ainda em exploração, as Salinas Naturais de Rio Maior são um dos principais tesouros patrimoniais da região.Inseridas no Parque Natural da Serra de Aires e Candeeiros, classificadas como Imóvel de Interesse Público, deste antigo Poço das Marinhas do Sal, brota água salgada que abastece os 400 talhos, ou compartimentos, e os 70 esgoteiros (onde se coloca a água salgada para mais tarde ser distribuída pelos talhos), que ocupam 21 865m2. A água desta nascente é sete vezes mais salgada que a água do mar, existindo mesmo a teoria que estas salinas tenham sido exploradas por Romanos e Árabes, aquando a sua ocupação na Península. De facto, existem referências a estas salinas desde 1177, nos mais antigos documentos existentes de Rio Maior. A importância do Sal em Rio Maior está até retratada no Brasão da cidade, com duas pirâmides que o simbolizam.
A água salgada provém de uma extensa e profunda mina de sal-gema, que é atravessada por uma corrente subterrânea de água doce, que se torna depois salgada. O trabalho nas salinas ocorre somente durante a época estival, quando os habitantes das redondezas descem a encosta da Serra dos Candeeiros, para a milenar labuta do «sal sem mar». As Marinhas de Sal de Rio Maior, situam-se em pleno sopé da Serra dos Candeeiros, a trinta quilómetros do mar. Rodeadas de árvores e terras de cultivo, são como que uma minúscula aldeia de ruas de pedra e casas de madeira, com lojas de artesanato e produtos locais, um posto de informação e divulgação e instalações sanitárias. Contactando a Cooperativa dos Produtores de Sal de Rio Maior, é possível efectuar visita guiada.
Espero que tenham gostado de passear comigo...
Beijinhos... salgados

17 comentários:

Maria Filomena disse...

Helena,
esse prato devia estar uma delícia. Uma das coisas, entre tantas, que gosto imensamente em Portugal, é a qualidade e variedade da gastronomia. Em qualquer lugar, salvo desonrosas exceções, come-çse bem.
beijos com saudades

Fiamar disse...

Fiquei curiosa para conhecer, não fazia ideia que existia uma exploração de sal em Rio Maior.

Beijokas e obrigada pela partilha!!! :)
Fiamar

Arte Bela disse...

bom dia linda tiveste ca tao perto de mim moro pouco mais a 8 km sim e uma zona muito bonita e pena que nao aja mmais pessoas como tu a explorar tantos sitios bonitos que temos no nosso lindo Portugal bj boa semana

Fernanda Correia disse...

Olá, bem que eu gostava de andar por aí, Rio Maior era a terra do meu Pai, mas nunca visitei e desculpa amiga é um crime pores um prato daqueles a esta hora, ( 12h ) vou parar tudo para ir almoçar.
Lá se vão as pinturas.
Beijinho e ainda bem que ´ha alguem que nos mostra o que´há de lindo por cá.

Vanessa disse...

Oi Helena,
Tem um selinho para vc no meu blog, passe por lá!
bjos.

Nile e Richard disse...

Oi coração.
Saudade.... agente...mata ...Lembrança.... agente... guarda,
Tristeza .....agente...supera,
Amigos agente descobre,
E pessoas como você agente nunca esquece!!!
Passando para te desejar
Feliz dia da amizade.

bjtos.Nile.

josefa disse...

ES UNA PRECIOSIDAD!!!!!!!!!!!
DISFRUTALO Y SE FELIZ!!!!!!!!!!
UN BESO

Eliane disse...

Oi gatinha passei aqui hoje pra te deixar um abraço pois hoje no Brasil se comemora o dia do amigo. Muitos beijos e um abraço bem apertado da sua amiga Eliane.

Maria Tavares disse...

Olá Helena

mas a menina é mesmo um roteiro de viagens eheh
e que sítios engraçados que nos mostras:
Continuação de bons passeios

Beijinhos
Maria Tavares

So artes disse...

Que lindo passeio Helena!
Tenha um lindo dia querida,
beijinhos carinhosos
So

vinsareva disse...

linda reportagem! Conheci hoje por uma amiga o seu blog. Gosto muito.
Ela gostava de saber aonde teve o grafico do SAL Hardanger. Pois ela gosta muito de bordar.

Rosa Goncalves disse...

Olá querida amiga

vim te dar um abração de amiga!
lindo trabalho , adorei conhecer seu cantinho,

mil beijos

Saraarte disse...

Olá, até tenho água na boca desse pratinho, hummm, também adoro descobrir sítios assim...

Bjinhos e boa semana

PS: já estou à espera do novo roteiro

Vanessa Guerra disse...

vê os conjuntos lindos e super baratos de guardanapos de decoupage que tenho no meu blog.. hoje envio gratis para Portugal.. beijocas

Ana Vargas disse...

Olá Helena!!!
Eu já lá estive, é muito bonito mesmo!!!
Bjinhos.
Ana.

Fiamar disse...

Miga, tens um selito no meu blog!! :)
Bjs

Nélia disse...

Olá Helena

O pap da mala que serviu de base está na lateral do blog nos "passo a passo" e é só clicar na mala rosa elegance.


bjs
Nélia