segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Feliz 2014


Olá a todas

Venho desejar a todas um Feliz:


Que este ano vos dê o que vocês mais desejarem e precisarem.

Quero agradecer-lhes o vosso carinho e companhia durante este ano, que foi particularmente dificil para mim, mas os vossos comentários várias vezes me fizeram sorrir e levantar o astral.

Muitos beijinhos a todas

domingo, 22 de dezembro de 2013

Feliz Natal


Olá a todas

Venho desejar-vos um Feliz Natal,com muita saúde e muita paz.


Espero que se sintam melhor que eu, que estou como o gatinho da foto, daí andar desaparecida... voltei a não ter vontade de andar por aqui, mas não me esqueço de vocês, da vossa companhia e do vosso carinho e é por isso mesmo que aqui estou.

Não se trata de "nostalgia natalícia", sentida pela maioria das pessoas que conheço, mas de cansaço mesmo e a todos os níveis.

Bom, vou respirar fundo, apesar de tudo o que me vai na alma, sou eu a planear a parte logística desta reunião de família, a pensar na comida que vou fazer, nos doces, etc.

Já li e reli as receitas do que queria fazer, mas apesar das diversas idas às compras, tenho vários ingredientes em falta... a falta de concentração que sinto é terrível.

Digo queria fazer, porque não vou fazer nem metade, sei que não vou. 

Não pretendia vir aqui lastimar-me, mas, ou não escrevia nada, ou então espelho o que me vai na alma... só sei ser assim.

Não queria deixar de vos deixar uma palavra, desejar um Feliz Natal a todas vocês, um abraço muito especial para as meninas que estão a viver este Natal com um estado de espírito idêntico ao meu.

Muitos beijinhos a todas






segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Enigma Natalício - 2ª Etapa

Olá a todas

Foi hoje a data escolhida pela Jazmin (http://pasionporelganchillo.blogspot.com), para apresentarmos a 2ª etapa do desafio proposto e aqui está ela:


Apesar de mais estas 10 peças, o mistério continua, só descobri que vai ficar grandote... tenho dado bastante ao dedo, hi, hi.

Vou visitar as outras meninas e espero poder mostrar-lhes o resultado final no próximo dia 22 ou 23 deste mês.

Beijinhos a todas


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Enigma Natalício - 1ª Etapa


Olá a todas

Jazmin fez o convite para fazermos em conjunto um amigurumi natalício.

A proposta, para mim, já era interessante, mas com a palavra "Enigma", ficou irresistível, e, aceitei de imediato o convite.

Aqui ficam as primeiras 15 peças feitas:


A Jazmin pediu que mesmo que descobríssemos o que era o mistério, não o revelássemos, mas por mim ela pode ficar sossegada, porque não faço a mínima ideia do que se trata, mas isso ainda faz o desafio mais interessante.

Houve uma peça que me deu dores de cabeça porque li o tutorial e não percebi, mas afinal, ao ir fazendo, fui percebendo... eu e a minha mania de pôr a carroça à frente dos bois.

Obrigada pela tua paciência e disponibilidade. Estou ansiosa para receber a 2ª parte do tutorial.

Agora vou visitar as outras meninas, e são tantas ...

Beijinhos a todas



sábado, 30 de novembro de 2013

Festival de Bonecas - Uma boneca parecida com uma menina...

Olá a todas

Vi a proposta da Mariel, que gostaria de encher o dia de hoje, de bonecas, vindas de diferentes cantinhos e lembrei-me desta boneca que fiz e que ainda não tinha tido oportunidade de mostrar:

Esta boneca faz-me lembrar uma menina que:

- tinha olhos grandes;
- um sorriso nos lábios;
- era um pouco introvertida;
- adorava aprender e queria ser a melhor da aula;
- desejava ser mais velha;
- detestava ser filha única;
- era muito teimosa;
- adorava animais;
- desejava muito crescer e ser independente.


Essa menina cresceu e hoje é uma mulher que:

- tem olhos que revelam o que lhe vai na alma;
- tenta ter sempre um sorriso nos lábios;
- umas vezes é extrovertida e, outras, introvertida;
- adora aprender e ensinar também;
- se sente e gosta de parecer mais nova do que é;
- realizou o sonho de ter duas filhas;
- não se considera teimosa mas sim, persistente;
- adora animais e tem uma adoração por gatos;
- cedo começou a trabalhar e se tornou independente.

Gostei muito de fazer esta boneca, confesso que quanto mais olho para ela, mais me pergunto como a consegui fazer... modéstia à parte, penso que evoluí bastante no que respeita a amigurumis.

Espero que tu, Mariel, também gostes e as outras meninas também.

Muitos beijinhos para todas



domingo, 17 de novembro de 2013

Xaile Crescent Moon






Olá a todas

Hoje é dia de apresentar o avanço dos xailes que estou a fazer com a Maria del Mar e com muitas mais meninas.

Este fim de semana "voei" até à minha casinha perto de Tomar, jardinei, falei e acariciei os animais dos vizinhos, que não se esquecem de nós e vêm sempre cumprimentar-nos e, ao serão, acabei de fazer o meu Crescent Moon.

Acabei-o ontem à noite e tirei as fotos, à pressa, hoje de manhã, por isso ele não está muito ajeitadinho, mas gostei imenso do resultado final.



Havia 3 acabamentos possíveis, mas optei pelo 1º , acho que lhe dá um ar juvenil e fresco.


Dá para perceber que as "franjas" estão "despenteadas", mas as pressas em tirar as fotos... vocês compreendem.

Pelo que percebi, ainda falta bloquear o xaile... penso que também se diz assim em português e consiste em ele ficar esticadinho por igual, sem ser a passá-lo a ferro e isso irá fazer com que as "franjas" não se encolham.

As explicações da Maria são 5*****, mas são em espanhol, e há pormenores que me escapam, mas eu vou ver os avanços das outras meninas e já fico a saber.

Aqui fica a foto da gatinha, parecida com a minha Mimi:


O cão do vizinho... isto não soa bem, mas é o nosso português, hi, hi... a lamber o pacote da comida de gato:
           

E eu que não resisto a acarinhar todos os gatinhos com quem me cruzo. Penso que ela tinha mais fome de festinhas do que de comida.

O fim de semana passou-se mais rápido do que costume, apesar das minhas filhotas terem ido visitar a minha mãe, vim agora da Clínica e ela continua muito bem e estou bem disposta e estou aqui a partilhar um resumo do que fiz com vocês.

Muito obrigada pela companhia e pelas vossas palavras de carinho.

Quero agradecer às novas seguidoras, algumas das quais não consegui agradecer nem visitar, não consigo aceder através do "icon" de seguidora. Só consegui nas meninas que me deixaram comentário... foi através daí.

Se quiserem e puderem, deixem-me um comentário para eu as visitar e conhecer melhor, sim?

Beijinhos a todas e uma boa semana

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Xaile Annis


Olá a todas

Este é o princípio do xaile Annis que estou a fazer sob as indicações Maria del Mar, indicações preciosas e detalhadas, o defeito é mesmo meu, mas não desisti e a barra do xaile aqui está:

O fio que estava destinado para este trabalho, acabou por ficar no Crescent Moon, que espero adiantar mais um pouco este fim de semana e, optei por fazer no mesmo fio, mas escolhi um tom de mostarda que liga bem com muitas cores.


Fiz uma birra comigo mesma e decidi não continuar com o Crescent Moon, enquanto não conseguisse fazer a barra trabalhada do Annis.

Agora vou ver as indicações seguintes e adiantar um pouco mais ambos os xailes.

O meu tempo livre, de escasso, passou a raro, mas gosto de pegar no crochet e no tricôt, para desanuviar um pouco.

A minha mãe já largou o andarilho e está a andar só com uma canadiana. Visito-a diariamente e têm sido notórios os progressos, nao só a nível da fractura, mas também no seu estado geral.

Vai sair dia 20, estou tipo... agridoce... satisfeita por um lado e preocupada por outro: como vai o coraçãozinho dela reagir aos 43 degraus que tem para subir e para descer, mas ainda falta semana e meia e vamos vivendo um dia de cada vez. Há um mês atrás era impensável acreditar numa recuperação assim.

Obrigada a todas pelas vossas palavras e pelo vosso carinho.

A vossa companhia tem-me feito muito bem, neste momento tão delicado e difícil, além de já por mim não gostar do Outono, deprime-me e faz-me sentir frio... sinto-me desconfortável.... rrss.

O crochet e o tricôt aquecem-me as mãos e os carinhos aquecem-me a alma. Mais uma vez, muito obrigada a todas.

Despeço-me com uma foto do Jimmy e da Maria, continuam muito unidos e o refrescar da época também já os atingiu.

Beijinhos a todas



quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Bolo Doce Primavera


Olá a todas

Há muito que queria fazer a experiência de cobrir um bolo com pasta americana.

Resolvi experimentar no início de Setembro, com a ideia de ir ganhando experiência e mostrar as minhas habilidades nos meus anos e no Natal.

Comprei a pasta americana já feita, nunca tinha visto, nem conhecia a textura e não quis arriscar a fazê-la.. se a coisa saísse mal, pelo menos sabia que a culpa não era da pasta, h hi.


A receita também foi uma experiência, já tinha há algum tempo, mas nunca a tinha experimentado:

- 6 ovos
- 2 chávenas de açúcar
- 4       " de farinha
- 1       " de leite
- 250g de margarina
- 1 colher de sobremesa de fermento

As claras são batidas em castelo.
Bate-se as gemas com o açúcar e a margarina, acrescenta-se o leite, a farinha com o fermento e, por fim envolvem-se as claras em castelo.

Vai a cozer ao forno em forma untada.



Nunca foi minha ideia fazer um bolo com 2 andares, mas sobrou-me massa, resolvi misturar um pouco de chocolate em pó e acabei por fazer 2 bolos.

Tinha comprado pasta americana branca e duas pequenas porções de rosa e verde claro, sem ter ideia do que iria fazer, mas porque gostei das cores e, com muita paciência, decorei este bolo, que sinceramente, adorei o resultado.

Penso que foi sorte de principiante, tudo correu bem: a receita, o recheio e a decoração.


Aqui estão os dois bolos acabados de fazer:



Não acham que a decoração os valorizou bastante?

Este trabalho só teve um contra... comeu-se num instante, ficou mesmo delicioso.

Mostrei as fotos ao Sr. que me vendeu a pasta, tinha ficado prometido, ele percebeu que eu era mesmo ignorante nesta matéria, deu-me umas dicas, aconselhou-me a comprar pouca coisa e disse-me para não desanimar se não me saísse bem, e eu prometi-lhe levar umas fotos do meu desastre, hi, hi... mas afinal saí-me bem.

O Sr. até se admirou com é que o bolo do 1º andar, não implodiu pelo do rés-do-chão... explicou-me a técnica para isso não acontecer, mas fica para a próxima, desta vez foi pela intuição mesmo.

Ainda não vos tinha mostrado, porque logo depois aconteceu o acidente com a minha mãe e, como sabem, estive ausente, sem a mínima vontade de vir aqui e muito menos, escrever.

Agora, ela está em convalescença numa Clínica, tem vindo a melhorar de dia para dia, e isso deu-me vontade de vir aqui e partilhar com vocês mais esta aventura.

Beijinhos a todas

domingo, 3 de novembro de 2013

Xaile Crescent Moon e Annis


Olá a todas

A Maria del Mar pediu que mostrássemos hoje os nossos avanços nos trabalhos que estamos a fazer em conjunto.

Como já disse a semana passada, inscrevi-me nos dois xailes e, a semana passada adiantei bastante o Crescent Moon e assim, já estou à espera da fase seguinte: o acabamento, pois já fiz as diminuições 

Estou a gostar muito deste trabalho e o fio que acabei por utilizar faz um trabalho bonito e é muito macio.

A foto não está nada boa, parece cinzento, mas é beje.


 Animada meti mãos à obra no xaile de duas agulhas, o Annis, e passada uma semana em que aproveitei os minutos disponíveis, estou assim:


Fiz e desmanchei vezes sem conta, enganava-me até a montar as malhas, ou então era o fio que não chegava para as malhas todas e tinha de recomeçar, mas insisti... oh, se insisti.

Ontem, o serão correu-me bem e pensei tirar a foto para mostrar hoje de manhã, mas pensei em adiantar mais um bocadinho... só que o trabalho de hoje correu muito mal. 

O gráfico tem uns borbotos, que no esquema original se chamam "nups" e aí a coisa complicou-se.

A Maria del Mar explicou muito bem, mas quando já estava na última volta dos borbotos vi que o trabalho estava cheio de "gatos"... com muitos erros...

Fiquei tão furiosa comigo por não ter visto mais cedo, tão desalentada, que desatei a desmanchar, mas, a meio da triste tarefa, resolvi tirar uma foto para mostrar que não estive parada, e aqui fica a prova do meu trabalho inglório.


Vou recomeçar, quero muito fazer um xaile com duas agulhas e não vou desistir, mas hoje e amanhã não quero voltar a ver este trabalho..."desaires" que acontecem.

Beijinhos a todas





quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Halloween - Noite de Bruxas com a Jazmin

Olá a todas

Aceitei a proposta de Jazmin para juntamente com ela e com muitas meninas, celebrarmos o Halloween.

Gostava de ter feito as três bruxinhas propostas, mas, devido ao pouco tempo disponível fiquei pela Bruxinha Iniciada.

Tem tudo a ver comigo porque como gosto de experimentar várias técnicas, não chego a especializar-me em nenhuma, satisfazendo-me em ser uma iniciada em todas elas.

A bruxinha acompanhada dos seus amigos: a cabaça e o gatinho preto.


e aqui, a bruxinha sozinha, para verem melhor:


Obrigada Jazmin por mais este Desafio.

Sou curiosa por natureza e fui pesquisar o Halloween em Portugal... é que não me lembro desta tradição quando era criança, penso que por cá é mais usual as crianças pedirem o "pão por Deus" e receberem algumas goluseimas.

Aqui fica um dos artigos que encontrei:

Dia das Bruxas

A noite de 31 de Outubro é muito especial - é o Halloween - que designa "Noite dos Santos", a noite antes de "Todos os Santos" ou do "Dia de Todos os Santos".

Esta celebração começou na era pré-cristã. As pessoas acreditavam que no Halloween as almas dos mortos voltavam aos lugares onde tinha vivido. Esta é a história tradicional.

Mas, hoje em dia, na Grã-Bretanha, o Halloween não é uma celebração assustadora, é altura para divertimento. Há muitas festas. As pessoas mascaram-se de bruxas, fantasmas, Drácula ou Frankenstein.

Na América há uma tradição diferente. Chama-se "Trick or Treat" (doce ou partida). As crianças e adolescente mascaram-se e vão bater à porta dos amigos e vizinhos e dizem "Trick or Treat". Estes dão-lhes doces ou fruta ("treat"). Se isso não acontecer, as crianças pregam uma partida ("trick").

Muitas casas têm, à porta da rua, lanternas feitas de abóboras . A abóbora é esvaziada e são feitos buracos para os olhos, nariz e boca;depois é acesa uma vela lá dentro.

Em Portugal celebra-se o Dia de Todos-os-Santos, no dia 1 de Novembro. No dia 2 de Novembro, as pessoas vão aos cemitérios colocar flores nas campas e rezar pelos seus entes queridos. Esta é uma velha tradição católica.
http://www.minerva.uevora.pt/netdays99/celebrar/products/halloweenp.htm

Feliz dia das Bruxas para todas e muitos beijinhos



segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Xaile Crescent Moon - 2ª Etapa


Olá a todas

Peço desculpa por só hoje apresentar a 2ª etapa deste trabalho tão bonito, mas com a minha mãe internada e a visitá-la todos os dias, são pouco os minutos que me sobram para me distrair...

Resolvi começar pelo xaile de crochet por me parecer mais fácil, mas nem tudo correu bem...


Tinha escolhido este fio para o Xaile Annis, o de duas agulhas, mas não gostei do efeito do fio mesclado depois de trabalhado.

Comecei com ele, mas dá para ver que não se percebia o efeito dos pontos, e foi por isso que não continuei a fazer e mudei para o outro fio e estou a gostar bastante do resultado.

Estou a fazer o tamanho normal (com 61malhas e 24 voltas).
Falta pouco para acabar a parte principal, mas já estou nas diminuições, na volta 18, mas tenho de conferir se estou a fazer bem, fiz por mim, não tive net no fim de semana para ver o mail que a Maria enviou.

Estão a ver o que eu quero dizer: não se nota a diferença dos pontos, parece tudo igual e não gostei, apesar de adorar o fio... ainda vou pendurar os novelos ao pescoço, hi, hi.



Maria do Mar, obrigada por teres feito o "enlace" do meu fio, mas eu estou a voltar a dar-te trabalho... não percebi como se faz, desculpa e obrigada mais uma vez.

Vou arranjar outro fio para o xaile Annis e depois mostro, sim?

Vou espreitar os avanços das meninas.

Beijinhos e até breve.

domingo, 20 de outubro de 2013

Xailes Annis e Crescent Moon

Olá a todas

A Maria del Mar parece que ouviu os meus desejos de fazer estes dois tipos de xaile... era um daqueles projectos para fazer um dia...

Pois é, ela propôs que fizéssemos em conjunto, não resisti, e inscrevi-me.

Hoje é o dia destina à 1ª etapa: mostrar os fios que vamos usar, e aqui estou eu a cumprir a regra.

Este é o Annis e é feito com duas agulhas, um verdadeiro desafio para mim, mas vou tentar.


Annis


Para ele, escolhi este fio de meia estação, muito macio.
Como vêem pela foto é destinado a bebés e a meninas de pele sensível, como eu, hi, hi.


Este é de crochet e chama-se Crescente Moon, um nome bonito, não acham?

Crescent Moon

Para ele vou aproveitar estes novelos, que já fazem um ano cá em casa mas continuo a gostar deles... espero é que cheguem, porque já não há mais.


Vou tentar cumprir a 2ª etapa e daqui a uma semana mostrar os meus avanços.

Estou cheia de vontade de me distrair com estes dois trabalhos, mas a falta de tempo e o cansaço é cada vez maior.

A minha mãe continua internada, da fractura está bem melhor, mas do estado geral, continua muito frágil e estou a contar que amanhã tenha alta para uma Clínica de Cuidados Continuados, onde a espera um mês de convalescença.

Vamos ver, um dia de cada vez.

Beijinhos a todas e bom Domingo.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

CÍRCULO DE AMIGAS "CREAMOS CON AMOR MANOS MENTE Y CORAZÓN


Olá a todas


A Jazmin (http://pasionporelganchillo.blogspot.com) teve a iniciativa de criar um Círculo de Amigas" ao qual, aderi de imediato.

Na barra do lado direito, está lá "a minha pulseira de amiga" e para quem estiver interessada em fazer parte deste grupo, basta clicar e inscreverem-se.

A 1ª actividade deste círculo é conhecermo-nos, umas às outras.

Faz parte colocarmos uma foto nossae aqui fica a minha:




e dizer de onde somos:

Nasci em Lisboa e,



 trabalho em Lisboa, mesmo pertinho do Parque das Nações:


A Jazmin sugeriu algumas perguntas para nos conhecermos melhor.

Côr favorita: várias, dependendo do fim a que se destinam. Para vestir, os azuis e o branco. Tenho dias que gosto do preto. Para trabalhar gosto de todas as cores, também depende do que estou a fazer.
Odor favorito: terra molhada
Som favorito: o chilrear dos passarinhos
Carta ou mail: carta... muitas saudades
Jogo de mesa favorito: não sou apreciadora, mas gosto muito de puzzles
Chocolate branco ou negro: negro
Baunilha ou chocolate: ambos
Nº favorito: o 7
Dia de semana favorito: O Sábado... ufa, acabou a semana e ainda tenho o Domingo para descansar.

A maioria das meninas que pertencem a este Círculo já as conheço, através das iniciativas da Jazmin, mas quero conhecer todas as outras, embora tenha de ser devagarinho...

Quero aproveitar para agradecer a todas as meninas que me deixaram comentários, transmitindo-me força e coragem e dizer-lhes que a minha mãe continua a ser a minha prioridade, continua internada, bem disposta, apesar das 7 transfusões de sangue que já fez e ainda não se sabe o porquê da hemoglobina teimar em não subir, mas tenhamos fé e esperança.

Um grande beijinho a todas


quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Ainda triste

Olá a todas

Já nem me lembro quando vim aqui e, confesso que estou a escrever sem saber bem o que vai "sair"...



A minha mãe mantem-se internada, esperou 7 dias para ser operada sem ninguém me explicar o porquê... não me vou alongar a contar o que se passou, por agora.

Fiz há 2 meses uma postagem sobre a maneira como a minha mãe foi atendida quando fez o AVC, mas desta vez, as coisas começaram bem, mas depois de ter sido transferida para Ortopedia, tudo começou a correr mal.

Bom, foi operada dia 18, e já teria saído, mas as coisas complicaram-se, e, nem todas as complicações foram decorrentes da cirurgia e da idade avançada da minha mãe... hei-de falar disto em detalhe, mas não hoje.

Tudo isto para agradecer os vossos comentários, a vossa força e a vossa preocupação. Não tenho conseguido mesmo vir aqui, passo todo o tempo disponível com a minha mãe, o horário da visita é bastante alargado e eu quero dar-lhe todo o meu apoio.

Quando chego a casa, o nosso jantar varia entre sandes, yogurtes, fruta e ovos e depois já só vejo a cama, tenho que me levantar no dia seguinte às 6H...

Ultimamente, quando venho à net não vejo blogs, não abro o Gmail, limito-me a ver locais para Cuidados Continuados, Paliativos, Centros de Recuperação, coisas que nem sabia que havia, mas os preços...

Depois, cai uma tristeza, uma revolta, um cansaço, um voltar a arribar para chegar à minha mãe com um sorriso, uma tranquilidade e uma esperança que. sinceramente, não sinto... mas hoje resolvi vir aqui, e vi mais comentários, inclusive da Vivi(que está a viver um momento muitíssimo dificil, da Maria(que sabe muito bem o que estou a passar),da Guidinha (minha afilhada de blog, que nunca se esqueceu de mim) e, aqui estou. 

As outras meninas não fiquem aborrecidas comigo, ou com ciúmes, nem nada dessas coisas, as vossas palavras fizeram-me muito bem e é para todas que estou a escrever... duma forma baralhada e atabalhoada, mas estou tão cansada mesmo e este tempo cinzento, com uma chuva chuvinha parva não ajuda mesmo nada.

Vou tentar descansar um pouco e rezar para que a minha mãe recupere rápido, ou para que deixe de sofrer.

Muitos beijinhos a todas e um abraço especial às "meninas especiais" que me acompanham.


segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Estou triste... espero que seja só uma nuvem negra. Resultado do trabalho para o Dia Internacional do Crochet



Olá a todas/os

Tenho estado ausente, mas hoje vim agradecer as vossas palavras e os desejos de melhoras da minha mãe. Muito obigada pelo vosso carinho.

A minha mãe continua internada, vai ser operada, mas o estado dela é delicado.

Uma coisa é cair e partir uma perna, outra é cair porque a perna se partiu "sozinha".

Estou muito triste, cansada, mas tenho de arranjar forças, ainda há muitos dias dificeis para vir...



Mudando de assunto, fica aqui o Certificado Colectivo, oferecido pela Jazmin (http://pasionporelganchillo), com os porquinhos elaborados em comemoração do Dia Internacional do Crochet.

E aqui fica o meu, invidual, voltando a dizer que adorei participar.



A Jazmin, já está com outra proposta em curso, que se destina ao Halloween e que pode ser feita em qualquer técnica. Entusiasmem-se e participem, ela é uma querida e estes trabalhos são divertidos e ficamos a conhecer muita gente.

Desculpem a minha ausência, mas o cansaço é grande e o tempo cada vez mais escasso.

Assim que tiver um tempinho vou tentar pôr-me em dia com vocês. Podem crer que tenho muitas saudades, mas é a vida...

Beijinhos a todas/os








quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Dia Internacional do Crochet - Desafio Enigma da Jazmin

Desculpem, pensava que tinha agendado a postagem, mas coloquei-a nos Rascunhos.
Ontem estive esquisita, não me sentia bem... será que era uma premonição? Uma coincidência?

O que é verdade é que a minha mãe ontem entrou de urgência no Hospital, com uma perna partida pelo colo do fémur.

Entrei na net, mas automaticamente entrei aqui e não vi a postagem e fui ver o que tinha feito...

Vou só carregar no botão/Publicar e vou tentar descansar um pouco. Sei que vai ser operada e transferida, mas não se sabe quando e nem por que ordem será.

A seguir está o que escrevi, há 2 dias atrás e, se coloquei nos Rascunhos devo ter tido um motivo, mas não me lembro....

Beijinhos a todas


----------------- // ------------------






Olá a todas

Chegou o dia tão esperado, o Dia Internacional do Crochet.e com ele, o resvendar do mistério que a Jazmin nos propôs fazer.

A pouco e pouco, o meu casalinho de porquinhos foi aparecendo e, já que segui as cores propostas, resolvi dar um toque pessoal nos acessórios... tenho sempre de alterar alguma coisa, hi, hi.


Era uma vez um casalinho de porquinhos, a Felismina e o Felisberto que viviam felizes numa quinta. Gostavam de cuidar da horta, mas adoravam mesmo era cuidar das flores.

Hoje de manhã, o Felisberto, acordou a Felismina e ofereceu-lhe uma linda flor...

- que querido... É um dia especial?

- todos os dias são especiais a tu lado, mas uma surpresa sabe sempre bem e o amor deve ser regado, como fazemos com as flores.


- tens razão, meu querido, e por falar nisso... vens comigo?
- sabes que sim




- posso perguntar-te uma coisa, Felisberto?
- claro que sim, Felismina linda.
- se eu ficar muito gordinha, continuas a gostar de mim?
- sempre... mas porquê? 
- também tenho uma surpresa para ti: vamos ser papás! 
- o quê? Pousa já o regador, não te quero a fazer esforços...
- vais ser a porquinha mais linda das redondezas, meu amor... afinal, hoje é mesmo um dia especial!


- estás feliz?
- eu estou, minha linda, e tu já te sentes mais gordinha?
- só um bocadinho, e já sonho com os nossos filhotes.


passados 115 dias:


Foto tirada por mim em Junho/2013 na Feira Agrícola de Santarém

a família cresceu, e a felicidade de ambos estendeu-se a mais 7 filhotes lindos e parecidos com ambos (metade loiros, metade morenos).

O Felisberto passou todos os dias a trazer uma flor para casa, porque afinal, todos os dias são dias especiais.


Espero que gostem do meu casalinho, agora vou visitar as outras meninas.

Muito obrigada Jazmin por este  Desafio tão lindo. Adorei!!!

Beijinhos a todas









terça-feira, 10 de setembro de 2013

A nossa intimidade nas mãos de outros


Olá a todas

Não é meu costume fazer este tipo de postagens, mas pensei partilhar estes 30m da minha vida que me deixaram chocada e confusa.

Na 6ª feira passada apanhei a camioneta e sentou-se ao meu lado uma senhora, que eu conheço simplesmente de vista, de a ver na paragem, nem sequer mora no mesmo prédio.

A "coisa" começou:
- posso sentar-me aqui, vizinha?

Ainda não eram 7H e a esta hora eu ainda sou como o Anacleto e venho com um olho meio fechado e o outro meio aberto, respondi-lhe que sim e pensei (meu Deus, deixa-me ir descansadinha a mentalizar-me que tenho de acordar mesmo).

A dita vizinha desatou a falar que tinha dormido mal porque os homens da recolha do lixo a tinham acordado, depois foi alguém que no prédio tinha água a correr a meio da noite, que não têm respeito pelas pessoas que estão a dormir e que têm de trabalhar no dia seguinte...

Enquanto isto eu estava calada, enquanto ela continuava:

- sim, que eu trabalho, e é um trabalho cansativo, trabalho em 3 casas, num condomínio fechado (e disse onde era), mas são casas que não têm nada a ver com as nossas, enormes, a do 8º é grande, mas a do 11º então...




e eu, sempre calada...

- são casas lindas, mas trabalhosas, felizmente, os meninos hoje já foram para a escola, é que não se está tão à vontade e é uma responsabilidade.
e eu, sempre calada, maneando a cabeça, só para "a vizinha" ver que não estava a dormitar, quando ela, se calhar para me espevitar, diz:

- quer ver?

e saca o telemóvel (destes delizantes) e começa a mostrar fotografias

- esta é a cozinha, esta é da sala, esta é do outro lado da sala... (com o dedo deslizava), um dos quadros da sala, outro quadro... tudo coisas caríssimas... ela destrói o dinheiro todo, ela é Directora d......., deve passar o dia sem fazer nada, só vai buscar os meninos o colégio e quando chega a cada não faz nada... claro, tem-me a mim todos os dias...

- já viu esta foto?

parecia uma foto estragada, branca com mangas mais escuras...

- é do pano depois de eu limpar as janelas, fica assim, porque ela não faz nada.

E eu aí tive de contar até 10 para não lhe perguntar: mas se ela fizesse, a senhora não tinha trabalho, também era mau para si, mas resolvi manter-me calada.

Só que depois o dedo deslizou para uma foto de um menino e uma menina (bem pequenos), a lavarem os dentes...

- são os meninos, que começaram hoje a escola, são muito giros, mas irrequietos,

- olhe esta, tão giros, e esta, e esta...

- Já chegámos, disse eu... finalmente estava safa.

- Então até amanhã, ah, é fim de semana, senão mostrava-lhe mais...

Respirei o ar da manhã, não muito puro, mas soube-me tão bem, estava atordoada, chocada, confusa... será que sou eu que não sou normal?

Ela não me conhecia e tinha bastado duas os três perguntas para ficar com a saber de que côr era a roupa interior que a patroa usava, meu Deus...

Esta história tem-me vindo à memória, as fotos das crianças, tantos pormenores... quantas pessoas já terão visto?

Quer dizer, ela trabalhava muito, mas também fotografava muito.

E não digo aqui nem 1/3 do que ela me disse.

Quando cheguei a casa, disse ao meu marido:

- Que fique bem claro, se um dia nos sair alguma coisa de jeito, não quero ter empregada, ouviste?

- estás amalucada? O que te deu?

- e contei-lhe, mas à medida que via as expressões dele, apercebi-me que não fui só eu que fiquei chocada, ele também ficou.

Se um dia me der para ter empregada, que seja assim, um robot:

 Não é que hoje ao telefone a minha mãe me diz:

- A vizinha do rés do chão tem mulher-a- dias, que é a mesma do filho, e não é que ela lhe disse, com um ar muito autoritário:

- D. E....., veja lá se diz ao seu filho que não ponha os ténis debaixo da cama. Não gosto nada disso, é feio, nada higiénico e é péssimo para eu limpar.

- D. Adriana (disse a vizinha à minha mãe), já viu? Vou comprar-lhe uma sapateira, mas a casinha dele é tão pequena...

Só me apeteceu gritar, e vim desabafar com vocês... desculpem-me.

Vou continuar a fazer como sempre fiz, tarefas partilhadas, embora a maior parte sobre para mim e, por muito que faça, só consigo manter os mínimos.
Prefiro assim. do que dar a minha chave de casa a outras pessoas.

Espero não melindrar ninguém, não podemos medir todos pela mesma bitola, só quis partilhar este pequeno episódio da minha vida, da mesma forma que tenho partilhado outros, mas que fiquei satisfeita por não ter empregada, isso fiquei, hi, hi.

Beijinhos a todas