sexta-feira, 21 de outubro de 2011

O meu "netinho" Mickey



Olá a todas


É com muita satisfação e orgulho que vos apresento o mais novo elemento da família: o Mickey




Esta foto á actual, passada uma semana de muito amor e carinho nas mãos da minha filha mais velha.







Onde trabalho há uma zona relvada onde há vários gatos, uns nascidos aqui, outros abandonados cá. Há sempre ao colegas (incluindo eu e o meu marido) que contribuem para a sua alimentação.



A minha colega do Bar avisou-me que andava por ali um gatinho que miava tanto, que parecia que gritava e nenhuma das gatas adultas lhe ligava. Já no dia anterior tinha aparecido por ali sozinho e mal se aguentava nas patinhas.




Claro, que em segundos eu estava no Bar a pegar no gatinho. A situação não era normal, quando aparecem gatinhos pequenos já comem sozinhos e não nos deixam aproximar. Este, mal tinha os olhos abertos.



Isto aconteceu no dia 13. Ainda hoje é uma incógnita, não apareceu mais nenhum, nenhuma gata apareceu a miar aflita... será que a mãe morreu? Que o rejeitou? Que foi abandonado ali?



Telefonema para cá, telefonema para lá, em menos de 10m já tinha uma lata de leite e um biberão comigo e, com a ajuda do meu marido e da colega do Bar que nos deu água quente, demos a 1ª mamada ao gatinho mesmo ali.



O gatinho calou-se e aninhou-se no meu colo.



Depois, caímos na realidade: que fazer? Já temos 4 gatos em casa...



Levei o gatinho para a minha sala, meti o meu blusão de ganga do caixote do lixo e ele, de barriguinha cheia dormiu o resto da tarde.



Já na nossa casa, na 2ª mamada, acompanhado da curiosidade do Jimmy e da Maria. Para ser sincera, penso que o Jimmy tinha mais curiosidade no biberão.





Afinal, o que ele tinha eram saudades e porque não dar-lhe o restinho?Foi a altura de ligar à minha filhota mais velha e, daí a umas horas já ela estava com o "ratinho" no colo, decidida a ficar com ele.


Tão fofinho, não era? Esperou até serem horas e deu-lhe a 3ª mamada. Tem jeitinho não tem?



Depois, já saiu com companhia e muito contente para casa dela.






Aqui está ele a dormir na gateira ao solinho:


Quando acorda já faz pequenas maratonas pela casa e descansa a apanhar solinho:





E quando o sono chega... oh, que descanso... parece que está no campismo... hi, hi.

Agora está como mostro na 1ª foto, com os olhinhos mais abertos e maiorzinho. Estou muito contente, não podia ter arranjado "uma mãe" melhor para ele... a minha filhota até tirou férias para cuidar dele a 100% porque precisa de mamar várias vezes ao dia e está super feliz.



Espero que tenham gostado de mais esta história real.



Um bom fim de semana para todas e muitos beijinhos.





22 comentários:

Pintinhas disse...

Que bom no fundo apesar de tudo o infeliz teve muita sorte.

✿MIUÍKA✿ disse...

Amiga,adoro as tuas histórias,pois são sempre resultado das tuas boas acções,com muita humanidade,ainda lembro bem da história dos outros dois gatinhos,como tu e o teu marido,faziam falta muitos mais,infelizmente!Bem hajam.
Um grande beijinho.
Miuíka

Inspirações disse...

Obrigada por existirem pessoas como tu a a tua filhota! O ser humano cada vez está mais desapegado de valores amorais aos animais. A crueldade é praticada por simples prazer! Ando tão desencantada com as pessoas, que é gratificante ver estes gestos de vez em quando.felicidades para o novo membro da familia.
Jinhos para ti, Helena.
Vamos ver se este comentário vai, não ando a conseguir comentar em quase nenhum blog.
Paula

Maria Filomena disse...

Helena,
que felicidade! Você salvou o gatinho...
Eu, ao contrário, temos cá em casa uma gata brava que não nos deixa nem sequer chegar perto..Já nos deu um filhote - o Tareco - que agora está enorme e felpudo e muito meigo...já o mostrei aqui no blog...
Ocorre que ela teve outra ninhada e abandonou-os aqui no quintal...Como não comiam, lá fui comprar leite e mamadeira para eles, mas não resistiram...um era todo branco e outro todo negro...Fiquei super triste...., mas agora, com a tua história fico feliz...
beijos para todos da família, incluindo o novo membro...

Giovanna Patchwork disse...

Ohhh que lindo o mini amiguinho novo!!
Beijos com saudades da amiga querida!

Guida Machado disse...

Parabéns vovó: pelo "netinho" Mickey e por teres conseguido salvá-lo.
Adoro estas tuas postagens.
Beijinhos,
Guida

Cacau Jafet disse...

Olá querida amiga!
Parabéns pela linda atitude que tiveste ao levar este pobre animalzinho para casa e dar a ele comida e amor!!!!Parabéns por te arumada uma maravilhosa mãe para ele!!!Parabéns a você e a sua filha!!!
Quem dá aos animais está na verdade emprestando para Deus!!!
Um lindo fim de semana.
bjossss

FG Arts disse...

Ainda há pessoas de bom coração.
Beijos
Filomena

Maria Tavares disse...

Só posso desejar muitas felicidades aos avós e ao pequenos :) Conhecendo eu os protagonistas humanos desta história sei que vai ter um final daqueles "...e viveram felizes para sempre!" :)

Beijinhos, bom fim de semana e até ao próximo sábado

Maria Tavares

Sandra Caetano disse...

Olá Lena,

O teu "netinho" é tão fofinho..fico muito contente com o final feliz desta história...pena não serem todas assim!!!
Agora não te esqueças de ir fazendo actualizações....

Bjs
Sandra

Marie disse...

!!!!!!!!!

Márcia disse...

Passeando pela net,pra ver as novidades do artesanato, me deparo com seu blog.
Adorei, principalmente a história do gatinho.
Que bom que você o acolheu.
Nós também temos uma gatinha, ela é toda pretinha,ela é o xodó aqui de casa.
Beijos

Maria disse...

Adorei a história, ou não adorasse eu finais felizes :). Muitos parabéns pelo netinho!! Bjs

Ana Alexandra disse...

Gostei muito da vossa atitude, ele é muito bonito, espero que vos traga muitas alegrias.
Bjs e boa semana

Meu jardim de crochê - Jeanne disse...

Adorei a história, ainda bem que estavas por perto para salvação do gatinho. Os frutos de árvores boas sempre são bons. Sua filha está de parabéns. Passei por aqui para conhecer teu blog e me encantei. Bjs.
Jeanne

**Lih** disse...

Oi Helena,

Que fofinho o Mickey, ainda bem que para cada ser desumano que existe, existe mais um 1000 que acolhe esses bixinhos!
Ai nem posso falar muito pq perdi meu bixinho que também foi resgatado de um local de abandono, ainda não superei isso...

Beijos!

maria elena disse...

Hola Helena un gusto pasar de nuevo por aqui despues de muchos problemas en mi blog !! te dejo un beso grande y hasta pronto !

M. Céu Fernandes disse...

Olá querida.
Que coisinha mais fofa e pequenina!
Aproveito para desejar uma boa semana. :)
Bjs,
M. Céu
http://coisasgirasmcf.blogspot.com/

Ana Vargas disse...

Olá Helena!
Que coisinha mais fofa!!!
No meio de tudo, teve muita sorte o "Mickey"! Espero que lhe corra tudo bem e à nova dona também!!!
Bjocas.
Ana.

Soraia Melo disse...

Que meigo amiga..que bom que o encontraste!
Parece tao feliz agora!
Estava com muitas saudades de vc, viu?
Nunca te esqueço!
beijinhos e um maravilhoso dia pra você,
*Ü*

CristinaLopes disse...

Adoro gatos! Em Julho adoptei um bichaninho bem pequenino que também tinha sido abandonado.
É muito gratificante vê-los a ganhar forças e a crescer =)

M. disse...

É claro que não resisti e vim cuscar os gatos: que rico menino!!! Olha, parece a minha Diana aqui:
http://apanificadoraribeiro.blogspot.pt/2010/09/nova-menina-da-casa.html