sexta-feira, 10 de maio de 2013

Papas de carôlo e miminho da Susana


Olá a todas

Já há muito tempo que não trazia uma receitinha e lembrei-me desta que faço muitas vezes, especialmente quando resolvo não fazer "comida de gente" e petiscamos qualquer coisa.

É uma receita que já a minha avó fazia e costumava dizer que era o arroz doce dos pobres, porque fica amarelinha e não leva ovos, ao contrário do arroz doce.

A minha avó, e a minha mãe, sempre a fizeram "a olho" enquanto eu fazia outras coisas, mas houve um dia em que eu pedi à minha mãe para fazer à frente e ela deitou a quantidade de carôlo que acahava bem e eu medi, depois deitou a água no tacho e eu medi... e assim, para 3 pessoas ou duas que comam bem, ou quando os petiscos são poucos fica assim:

3 chávenas de chá de água
1 chávena de chá de carôlo
1 colher de sopa de manteiga ou margarina
4 colheres de sopa (bem cheiinhas) de açúcar
1 casca de limão
1 pitada de sal
canela a gosto

À semelhança da minha mãe, gosto de lavar o carôlo. Deito o carôlo já medido numa taça, encho de água e mexo o carolo com os dedos, vai aparecendo ao de cima umas coisinhas mais escuras, escorremos com cuidado a água, porque juntamente com ela, vão as tais coisinhas. Se acharmos que ainda tem muitas, repetimos esta operação mais uma vez ou duas... há carôlos mais limpinhos que outros, consoante as marcas.

Põe-se a água ao lume (médio) com a pitada de sal, a margarina e a casca de limão.

Quando levanta fervura, deitamos o carôlo duma vez só, quer dizer o mais rapidamente possível, e mexemos de seguida muito bem, para não ganhar grumos, mas não se assustem se virem alguns, pois se continuarmos a mexer, eles vão desaparecendo.

Baixamos o lume se começar a salpicar para fora.

Quando sentimos que está uma consistência grossinha (nem líquida, nem barro à parede), normalmente são 10 a 15m, vamos deitando o açúcar, sempre a mexer. Costumo deitar uma colher, mexo bem e ao fim de 3 colheres começo a provar. O açucar em excesso não faz bem a ninguém...

Depois é só deitar em pratos de sopa (eu faço assim), polvilhar com canela e ir comendo. É delicioso e alimenta.

Tirei a foto só com metade do prato polvilhado para verem como fica amarelinho.


Como vocês sabem, quem trabalha faz farinha aproveita tudo ao máximo. Do milho faziam a farinha e os "pós" mais grossinhos que já não se desfaziam mais, eram chamados de carôlo ou sêmola de milho.

A farinha não se lava, mas como o carôlo tem umas coisitas escuras, na minha família lava-se... esquisitices.

Não sei classificar esta receita, porque fica doce e deveria ser sobremesa, mas comida em prato de sopa?

Seja o que fôr, nós gostamos e espero que vocês também gostem.


Mudando de assunto: recebi um miminho da Susana, uma menina que comecei a seguir já este ano, desde que o crochet voltou a tomar conta de mim. Visitem o blog dela que tem trabalhos muito bonitos.


A regra principal deste selinho, é dizermos 7 coisas sobre nós e aqui vão:

1. Adoro animais
2. Adoro dançar
3. Gosto de ler
4. Gosto de "artesanar"
5. Gosto de aprender coisas novas
6. Adoro observar a natureza
7. Detesto a hipocrisia

Mais uma vez não vou ficar com ele só para mim e vou partilhá-lho com 6 meninas:

Muito obrigada Susana pelo carinho e gosto muito de visitar o teu cantinho.
Desejo a todas um bom fim de semana

Beijinhos



11 comentários:

Vivi disse...

Olá Helena, aqui estou eu deliciada com a receita. Nunca experimentei, mas ainda vou a tempo.
Que venha aí um fim-de-semana cheio de ideias fantásticas como estas.
Beijinhos

Guida Machado disse...

Olá Lena,
Humm...Abriste-me o apetite...Agora comia um docinho!
Obrigada pelo miminho e, desculpa o reparo, disseste que tinhas de dizer 7 coisinhas sobre ti e só disseste 6, ihihihi....
Beijinhos e bom fim de semana,
Guida

Diana disse...

Olá Helena,nunca experimentei mas vou comprar para fazer.
Faz-me lembrar a papa maizena, que faço imensas vezes,eu e o filho adoramos e também comemos em pratos de sopa hahaha.
Beijinhos e bom fim de semana

Diana disse...

Bem, vê lá como sou gulosa que nem reparei que tinhas um miminho para mim no mesmo post hehehe.
Obrigada, assim que puder publico ;)
beijinhos

Amparo SR disse...

Hola Helena, pasé a saludarte para darte las gracias por tu comentario, se ve muy rica esta receta, yo nunca probé una receta con mazorca y me ha parecido muy interesante.
Que tengas un buen fin de semana.
Un beso,
Amparo

Noa disse...

Q buena pinta tiene la receta.
Felicidades por el premio

Noa disse...

Q buena pinta la receta y felicidades x el premio

Maria disse...

Gostei muito da receita não conhecia..! Obrigada!
Bjs
Maria

Uniami disse...

Oi Helena,
Sinto até o cheiro da canela. Hummm...
Vou colocar no blog o gráfico do gatinho de corpo inteiro, com a face voltada para o lado direito e outro gráfico com a face voltada para o lado direito. Espero que goste.
Beijos!

PINTA ROXA disse...

Quando era miuda a minha mãe fazia muiotas vezes, farinha de milho assim, lá muito de vez em quando eu faço e gosto muito mas é a olho mesmo não tenho medidas.

Dária - RJ - Brasil disse...

Aqui no Brasil acho que o carolo é o que chamamos de canjiquinha. preparamos da mesma forma e sempre colocamos uma poitada de sal e em alguns casos colocamos leite de côco, fica uma delicia. Bjs amiga