quinta-feira, 9 de julho de 2009

É possível renascer!

Olá a todos!

Tenho 50 anos, vivo com o meu companheiro, com as minhas duas filhas, de 27 e 22 anos e também com 3 cadelas, 2 gatas adultas, 2 periquitos e, desde há 3 semanas, com mais 2 gatinhos recém-nascidos, que encontrei no contentor do lixo, dentro de um saco de plástico bem atado.
Embora ainda sejam completamente dependentes (estão a ser alimentados a biberão com um leite em pó próprio para gatinhos órfãos), estão bem tratados e vivaços, até vão comigo para o emprego, pois têm de mamar de 3 em 3 horas.
Já deu para perceber que adoro animais e especialmente gatos!
Desde pequena que aprecio artesanato e cedo comecei a fazer tricot, croché e ponto cruz.
Vivo numa torre de 15 andares e desde há muito que um dos meu sonhos era ter uma casinha com um canteiro.
Realizei este sonho há cerca de 10 anos, quando comprei uma casinha entre Tomar e Ferreira do Zêzere, com um logradouro com um canteiro e não só, com mais de 1000m2 de terreno e umas 10 árvores de fruto.
Desde então, sempre que possível, que me dedico à bricolage (pintura de paredes, tectos, janelas, etc.), à jardinagem (já fiz mais 5 canteiros de flores) e nesta altura tenho cerca de 40 árvores de fruto. Organizei uma pequena horta, "engendrei" um sistema de rega para manter tudo minimamente regado... Nestes 10 anos tenho aprendido muito sobre árvores, flores, plantação e manutenção de todo este "património verde".
Eu, que nasci em Lisboa, num 2º andar, vivo nos arredores e trabalho em Lisboa, é nesta minha 2ª casa que me sinto feliz!
Tudo estava quase perfeito até me aproximar dos 50 anos, comecei a sentir-me tristonha e atenção que eu sempre assumi a minha idade com muito orgulho, sentindo-me até mais nova que as minhas filhas...
Foi então, que numa conversa de almoço com uma colega que faz decoupage, o assunto me chamou à atenção e comecei a "investigar na net". Entusiasmei-me, comprei os materiais essenciais e resolvi fazer decoupage numa caixinha de madeira, que comprei por 1€ nos chineses.
Como poderão ver, a caixinha tem bastantes defeitos, mas está a uso e serve para me recordar de vários pormenores que eu não tive em atenção na altura. Daí para cá nunca mais parei e em Junho, quando tive 2 semanas de férias, aproveitei todos os bocadinhos que tinha e fiz bastantes coisas e renovei outras, dando-lhes um novo "look".
Nesta altura tenho vários sacos com peças para trabalhar, algumas novas e outras bem usadas e velhas, que até me têm dado.
Sempre disse que não tinha o mínimo jeito para o desenho e pintura, agulhas sim, mas pincéis não. Agora adoro este meu novo entretém, sinto que aos 50 anos renasci e desejo viver outros tantos para poder fazer tudo o que me vem à mente e as ideias são tantas...
Nunca é tarde para aprender coisas novas, melhorarmos as nossas capacidades (até as que desconhecemos) e aumentar a nossa auto-estima.

Um grande beijinho

2 comentários:

Vivi disse...

Realmente é possível renascer, tu és a prova disso e eu também. Que esta força de vontade, perseverança, faça sempre parte da nossa filosofia de vida.
Estou a adorar conhecer-te, ainda não consegui chegar ao inicio do teu blog, eu bem procuro, mas perco-me a ler cada post por onde passo.
Beijinhos com carinho para uma guerreira que nunca desistiu de viver.
Vivi

Vivi disse...

Nunca mais o tinha conseguido encontrar. Só cá vim parar pela etiqueta.
Tu fazes tudo e mais alguma coisa.
Grande mulher, a vida é de quem arrisca, eu arrisquei fazer um desenho para uma das filhas quando era pequena. Supostamente era um gato, usei a técnica do 8. A miúda com cerca de 5 anitos, olhou para aquilo e disse-me que se ela desenhava mal, eu era um desastre ao quadrado.
No entanto tenho outra que é um génio no desenho e nas pinturas.
Tu és das que arregaçam as mangas e fazem tudo e mais alguma coisa.
Beijinhos