segunda-feira, 17 de junho de 2013

Corujinha amigurumi

Olá a todas

Continuo fascinada pelos amigurumis, desta vez aceitei a proposta de fazer um mocho/coruja.

Como já tenho dito, enquanto estou a dar vida a estas pequenas peças, não penso noutros problemas que por vezes insistem em aborrecer-me e assim, troco-lhes as voltas.

Aqui fica o meu 12º amigurumi do Desafio da Debbie.

Vista de lado:

 
Só para terem uma ideia da corujinha desmontada, aqui fica uma foto das 13 peças que a compõem:


Assim acho que explico melhor o fascínio de fazer estes acessórios que, pelo menos a mim, me obrigam a estar concentrada só neles, sob pena de desmanchar e retomar.

Lembrei-me que há uns anos atrás um colega me disse que eu era mãe coruja e eu retorqui?

- Mãe coruja? Não quererás dizer mãe galinha?

- Qualquer coisa com penas... isso és de certeza, tens pena de tudo o que mexe e do que não mexe também... penas é coisa que não te falta... hi, hi.

Esta lembrança fez-me rever o que sabia e aprender um pouco mais sobre estes animais e retirei da net a informação seguinte:


O que é Coruja:


Coruja é a ave soberana da noite. Para muitos povos a coruja significa mistério, inteligência, sabedoria e conhecimento. Ela tem a capacidade de enxergar através da escuridão, conseguindo ver o que os outros não vêem.

A coruja simboliza a reflexão, o conhecimento racional e intuitivo. Na mitologia grega, Athena, a deusa da sabedoria, tinha a coruja como símbolo. A palavra inglesa para definir coruja é owl.
Os gregos consideravam a noite o momento propício para o pensamento filosófico. Pela sua característica de animal notívago (noturno), era vista pelos gregos como símbolo da busca pelo conhecimento.

Havia uma tradição que dizia que quem come carne de coruja adquire seus dons de previsão e clarividências, mostrando poderes divinatórios.
Enquanto todos dormem a coruja fica acordada, com os olhos arregalados, vigilante e atenta aos barulhos da noite. Por isso, representa para muitas culturas uma poderosa e profunda conhecedora do oculto.
A coruja tem a particularidade de conseguir girar o pescoço em até 270º para observar algo ao seu redor, permanecendo com o resto do corpo sem o menor movimento. A grande capacidade de visão e audição torna as corujas exímias caçadoras.

A coruja é escolhida como mascote dos escoteiros e dos cursos universitários de Filosofia, Pedagogia e Letras.
O termo "coruja" geralmente é aplicado ao pai ou a mãe que ressalta com um certo exagero as qualidades dos filhos. É extensivo a outros familiares como tios, avós e outros.
Uma das espécies mais conhecidas é a coruja-buraqueira, que tem esse nome porque vive em buracos existentes no chão. Muitas vezes a coruja-buraqueira utiliza um buraco que foi feito e abandonado por outro animal, apesar de ser capaz de escavar o seu próprio buraco.
Depois desta leitura fiquei a saber que mãe coruja não é a mesma coisa que mãe galinha, mas também sou, tenho muito orgulho nas minhas filhotas e possivelmente cometo exageros quando falo delas. 

Estou a pensar que tenho várias coisas em comum com esta ave e às vezes isso até me assusta (as que estão a verde), mas juro que nunca comi carne de coruja... pelo menos que eu saiba...
 
Afinal, a que se referia o meu colega? Infelizmente já não dá para perguntar, mas como sou ambas as coisas, ele estava com a razão.

Um grande beijinho e espero que gostem de mais este amigurumi.


19 comentários:

Teresa Isabel Silva disse...

oh que coisas mais fofinhas!!! Adorei essas corujas, estão mesmo amorosas!!!

Bjxxx

maria elena disse...

Hola Helena preciosos tus últimos trabajos !! un beso grande y hasta pronto

Diana disse...

Olá Helena, ficou tão linda.Adorei.
beijinhos e boa semana

Existe Sempre Um Lugar disse...

os acessórios que se refere é uma arte que necessita muita concentração para ficarem perfeitos.
Parabéns pela sua habilidade.

ag

M. disse...

As corujas são muito bonitas mesmo!!! Eu também adoro gatos, tenho três (este da foto é o Ferrão ;)!
Beijinhos, boa semana!
Madalena

Teresa Isabel Silva disse...

Só agora é que reparei nos gatinhos do cabeçalho :) são tão fofos, são todos teus?

Bjxxx

Artes da Velha disse...

Ficou tão lindo!

Eu também gosto de me manter ocupada ao serão com alguma coisa que me descontraia, agora ando na fase do tricot :))

Bjinhos

Guida Machado disse...

Olá Lena,
Que corujinha fofa...
Já vais na 11ª? Valente!
É um trabalho de precisão, que tu fazes com tanto primor. Parabéns!
Adoro os teus amigus
Beijinhos,
Guida

Teresa Isabel Silva disse...

Oh são mesmo fofinhos os gatos!!! Realmente tem um ar muito feliz eles!!!
Dá gosto ver as fotos!

Bjxxx

PINTA ROXA disse...

que coruja vaidosa de lacinho na cabeça e tudo sim senhora..
Beijocas

Teresa Isabel Silva disse...

Sim é alí de lado que se vê os comentários para o concurso!Tens sempre 1 porque eu não consigo actualizar todos os dias. Ao fundo da lista tem lá a data até quando foi actualizado!
Mas acredito que vais bem lançada!

Bjxxx

Marta disse...

Te quedó un buho precioso, me encanta.
Besitos desde España

Brigit - Estúdio Brigit disse...

Olá, Helena e obrigada!

Aquele livro ainda vai ser envelhecido, por enquanto apenas as folhas foram envelhecidas, não sei se gosto mais dele assim novo e bem preto ou envelhecido e com ares de um livro muito antigo, medieval; é sempre uma dúvida!
Seja como for, adoro fazer este tipo de livro, é mais que um trabalho, é uma terapia, assim como as suas corujas, são lindas!

Adoro corujas, nas cidades do interior temos muitas, daquelas pequenas e marrons; além de corujas tb adoro gatos (tenho 4) e por causa deles não posso adotar corujas...kkkkkk.

É a 11ª?? Tá linda e parabéns! Adoro esse tipo de arte embora eu mesma tenha 2 mãos esquerdas pra faze-la (e sou destra).

Beijos!

Lia Regina C. Santos disse...

Linda ficou muito fofa.

Lindos seus trabalhos, já estou te seguindo.
Crochê é uma arte maravilhosa, parabéns!!!

Beijos,
Lia Regina-LIARTRIO

Teresa Isabel Silva disse...

Engraçado, desconconhecia mesmo muitas dessas coisas sobre as corujas...

Bjxxx

Teresa Isabel Silva disse...

Engraçado, desconconhecia mesmo muitas dessas coisas sobre as corujas...

Bjxxx

Noa disse...

precioso buho, me encanta

Teresa Isabel Silva disse...

Boas noiticias,

Já atingiste os 10 comentários feitos no meu blog, e isso coloca-te a quase um pé de atingires a segunda fase do concurso "Ganha o livro "POR UM MOMENTO" da Ana Lopes", aproveito para te dizer para passares na página do face da história (https://www.facebook.com/pages/POR-UM-MOMENTO/268953186458889) e fazer um "gosto" e deixares lá uma frase a dizer porque motivo gostarias de ler o livro :)
Podes usar o teu facebook pessoal ou de alguém amigo, tens é que deixar por baixo a URL do teu blog para eu saber quem é quem hehehe
Lembra-te que só tens até dia 30 deste mês para escreveres a frase!

Boa sorte!

Bjxxx

Lany disse...

Ola querida,

Q bonita.

Beijos,
Lany