domingo, 14 de março de 2010

Consegui recarregar a minha célula fotovoltáica, venham ver como foi.

Olá lindas(os)



Espero que o vosso fim de semana tenha sido bom.


O meu foi de extremos, como tudo na minha vida. A minha 6ª feira de trabalho acabou tão, tão mal..., mas já passou.

A tarde de Sábado foi divertida, recarreguei a "minha célula fotovoltáica" (a minha transforma a luz solar em energia para viver a semana seguinte), estava mesmo a precisar.



Fui conhecer a Quinta Pedagógica dos Olivais, que foi inaugurada em 1996 e que vem sendo conservada e melhorada.


Aqui a foto do painel de azulejo, à entrada:




Se estiverem aflitinhas:
Ao entrar, do lado esquerdo há informações sobre os animais que poderemos encontrar na Quinta, e com sentido de humor, como eu gosto:


O burrinho mirandês, o Buxo, também levou uma festinha.

Mais uma informação sobre a vaca Mimosa:


Não dá para pôr tudo aqui... do lado direito fica, o Passeio da Fama. Fotografei todas as estrelas e ao "revelar" as fotos descobri um pormenor curioso que partilho com vocês: Já repararam na diferença entre as pegadas do cão e do gato?

Com cães e gatos em casa, pensava que as pegadas eram iguais, mas não são:



Vêem a diferença? A almofadinha central é praticamente igual, mas es exteriores têm orientações diferentes.


Quando cheguei a casa, o Jimmy foi a vítima desta decoberta, deve ter pensado: mas o que é que lhe deu que não para de olhar para as minhas almofadinhas...



Mesmo ao fundo do Passeio da Fama está um resumo de curiosidades sobre os diferentes famosos:



Sabiam que as vacas orientam-se olhando para o chão e por isso quando há inundações elas ficam completamente perdidas?

E sabiam que elas conseguem subir escadas, mas não as conseguem descer?

Já sabia que havia diversas raças de galinhas, mas que algumas punham ovos verdes e azuis, também não sabia.

Estas são algumas das curiosidades que podemos ler neste painel.

A quinta tem cerca de 2 hectares, mas parece pequena, dada a forma como está devidamente aproveitada. É um espaço verdadeiramente agradável e didático, desde a horta, com diversas espécies plantadas e cuidas, árvores de fruto, jardins, incluindo o jardim de aromas (ervas aromáticas). Aqui também fiz uma descoberta: tenho incenso numa floreira e não sabia...

Já viram que engraçadas, a mamã cabra e os dois filhotes?

Estão separadas das outras, os filhotes ainda são muito pequenos e num espaço bem razoável estão à vontade para correrem e saltarem, sem se magoarem.



Estavam casinhas fechadas, pois não eram horas de actividades. Por exemplo a Padaria, que tem um forno a lenha e ensinam a fazer pão e bolos, desde o amassar ao cozer.



Há também actividades de doçaria, cerâmica, tecelagem. Existe uma biblioteca infantil e uma vacaria onde se aprende a fazer manteiga (o queijo é um processo demorado).

Ainda não tinha conseguido vislumbrar a Mimosa (um animal tãp grande) e "nos entretantos" deliciàmo-nos com espaços como este:


Um cavalo tão simpático, que adorava pão:


Tudo é aproveitado! Um pedaço de tronco, talhado e pintado faz uma mesa bem gira:


Para as nossas "camisolinhas claras", temos a ovelha branca:


e para as nossas "camisolinhas escuras" temos a ovelha negra.
Esta foi a explicação brincalhona, que eu estava a dar à minha filha, com um ar muito sério... um rapazinho que estava ao nosso lado, com uma senhora ralhou muito alto: vês avó, quando re perguntei por esta era preta, não me esplicaste! Vê se aprendes!


Foi uma risota geral!


A ovelhinha negra, tinha atravessado o "prado" e vindo ter comigo. Parecia estar dizer-me: não te importes de seres a "ovelha negra" da família, eu gosto de ti!

Na etiqueta Telhas Decorativas podem perceber o porquê de ela se ter identificado comigo, ou, vice-versa.



Uma galinha chique, que posa para a fotógrafa:


- Esta tem tipo de pôr ovos verdes... se estivesse aqui alguém perguntava...


- A minha filha: vê lá se ganhas juízo, não chegou a barraca com as ovelhas?


Ai meninas, é tão difícil ser madura...



Bem escondido pela vegetação, descobri um ninho com muitas assoalhadas:



Finalmente, encontrei a Mimosa:

Também encontrei os 3 porquinhos.

Se quiserem descansar ou comer com mais privacidade encontram cantinhos como este:

Vocês devem estar a pensar: não havia mais ninguém na quinta?
Se havia, muito adulto, muita criança, muitos bébés e todos com ar feliz, divertido.
Há muito espaço para correrias, muito relva, muitos bancos e tudo bem enquadrado neste espaço mágico.
As crianças divertem-se tanto que este tipo de brinquedos fica livre, para maluquinhas como eu (foi só para a foto):

Deixo-vos com esta foto do cisne negro, que não sei que indicação dei à máquina, mas tenho pena, pois acho que ficou linda, muito "espelhada".
O primeiro edifício alto, é o Olivais Shopping. Quem iria pensar que basta atravessar a Avenida para deixar-mos a cidade e entrarmos no campo?


Espero que tenham gostado. Só mostrei uma pequena parte do que podem ver ao vivo e a entrada é GRATUITA! É propriedade da C.M.Lisboa.
Quem puder, não deixe de visitar. Está aberta todos os dias da semana, excluindo 2ª feira. O horário é até às 17H30m e a partir de Maio até às 19H.
Não percam! Pequenos e grandes aprendem muito aqui!
Beijinhos muito felizes!


11 comentários:

maria elena disse...

que bonito lugar con árboles y muchos animales...pasaste un dia genial ..besitos

Ana Rita Gomes disse...

Olá amiga! É de facto um lugar magnífico! Já lá estive muitas vezes a fazer reportagens para o Jornal dos Olivais e também já lá fui com o meu filho. Acho que com a princesa é que não... Está na altura de voltar!

Artes da Guida disse...

Que belo fim-de-semana. é um lindo lugar para se conhecer e passar um bom bocado.beijinhos

Inspirações disse...

Olá Helena!
Que delicia de Post! Descreveste tão bem a quinta, que eu senti que fazia parte dos visitantes. Há realmente um Portugal a descobrir e tu ajudas bastante nessa tarefa.
Continua a brindar-nos com essa boa disposição ;)
Jinhos
Paula
(Olha, marquei a castração dos meus dois gatinhos, mas o meu marido estava tão sensibilizado com a cirurgia que me fez desistir! A veterinária disse-me que os homens fazem estas "fitas", especialmente com os cães, porque será? ;)

Mal-Me-Quer Bem-Me-Quer disse...

Olá Helena
Muito Obrigado Amiga
Não tenhas dúvida que eu tenho uma criança, sempre presente.
Já ouvi falar bastante desta quinta, o meu Rodrigo irá lá este ano lectivo numa visita de estudo.
Beijocas ENORMES
Ana

Paula disse...

Ke giro!!!!
A quinta é ao pé da minha casa!!!!!
Ke pena eu não ter sabido ke ías lá, tinha lá ido ter contigo para te dar uma beijoka :)

Veronica Kraemer disse...

Olá, Helena, eu adorei seu trabalho também, e você é uma pessoa pra lá de simpática!!!
Agora podemos ficar em contato e trocarmos muitas idéias!!!
Beijão
Vero

Milai disse...

Belo passeio Helena!
Não pude deixar de rir com as peripécias...eheheheh
A da ovelha está muito boa...eheheheh
Beijinhos

Sandra Caetano disse...

Ol+a Helena,

Muito Obrigado pela visita guiada!!!
Eu Adoro os teus posts!!!!

Jokitas
Sandra

de Paula Carvalho disse...

Olá!!! Lena,

parabéns por divulgar esta Quinta é um mimo.

beijinhos
paula

FOFIS disse...

Obrigada pela visita , adorei seu blog , ja fui na sua cidade e uma graca parabens , eu adoro essa terra beijos fofis